2022
mar
10
Notícias

Semana do Dia da Mulher discute os reflexos da pandemia no cotidiano das mulheres

A União Brasileira de Educação Católica – UBEC lançou esta semana a campanha Igualdade Todos os Dias em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Para refletir sobre avanços e pautas atuais, há uma semana de mobilização voltada para a conscientização do público sobre a situação de mulheres no mercado de trabalho, com destaque para indicadores que mostram os impactos da Covid-19 para o público feminino.

Durante a pandemia, a perda de emprego e de autonomia financeira resultaram na queda da renda familiar de muitas mulheres, aumentando sua vulnerabilidade econômica e social. Confira alguns dados:

  • A pandemia retrocedeu em 10 anos a participação de mulheres no mercado de trabalho na América Latina e no caribe. (Fonte: Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe – CEPAL).
  • Em 2020 durante a pandemia, houve uma redução na taxa de mulheres ocupadas (39,7%) em comparação aos homens (58,1%). (Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada 0 IPEA).
  • Entre 2019 e 2020, as mulheres perderam mais de 54 milhões de empregos. (Fonte: ONU Mulheres).

Oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, a data lembra mais do que nunca a importância pela reivindicação da igualdade de gênero, oportunidade e respeito, além do reconhecimento das conquistas sociais, políticas e culturais das mulheres.

O Fórum Econômico Mundial aponta que a educação é o campo em que a igualdade de gênero está mais próxima, o que reforça a necessidade de ações permanentes voltadas ao fomento do protagonismo feminino no mercado de trabalho e na sociedade. Endossando a importância do diálogo sobre o tema, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou em sua Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável – Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), metas para o alcance da igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres.

Na busca pela igualdade de gênero, é fundamental que tanto as pessoas quanto as instituições sejam protagonistas e estimulem iniciativas que defendam e respeitem os direitos das mulheres. Trata-se de um processo social ainda em construção, mas de extrema importância do debate e na participação de todos que almejam uma sociedade justa, igualitária e diversa em prol de um mundo melhor para todos.

O Grupo UBEC orgulha-se de ter em seu quadro de educadoras que atuam nas diversas áreas e que constroem diariamente o sucesso de nossa instituição, sendo 54% dos educadores mulheres e 52% dos cargos de liderança ocupados por elas que exercem o importante papel na construção de uma cultura organizacional.

Publicado por Marco Neves